O governo do Distrito Federal anunciou a realização da 16ª edição do Casamento Comunitário do DF nesta terça-feira (1º). A ação é destinada a pessoas de baixa renda e vai selecionar 150 casais para participar de cerimônia civil no dia 11 de novembro. O local ainda será definido pelo GDF.

As inscrições abrem nesta quinta-feira (3) e seguem até dia 6 de setembro. Elas devem ser feitas em postos do Na Hora ou na sede da Secretaria de Justiça, que fica próxima à estação rodoferroviária. O atendimento funciona das 9h às 17h, de segunda à sexta.

O casamento comunitário vai oferecer – além da gratuidade da cerimônia e das taxas de catório – serviços de beleza, como penteado e maquiagem, e transporte do casais.

Inscrição

GDF vai selecionar 150 casais de baixa renda para participar de casamento comunitário em novembro de 2017 (Foto: Dênio Simões/Agência Brasília/Divulgação)

Para se inscrever, é preciso ser morador do DF e comprovar renda de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 468,5) ou de até três salários mínimos de renda mensal total (R$ 2.811).

Os casais também devem ser maiores de idade e não podem ter impedimento legal para se casar – as circunstâncias estão previstas no Código Civil e compreendem, por exemplo, familiares e pessoas que já estão casadas.

No momento da inscrição, devem ser apresentados os seguintes documentos: RG (original e cópia), CPF (original e cópia), foto 3×4, comprovante de renda (cópia), comprovante de residência em nome de um dos cônjuges (cópia), carteira de trabalho (cópia). As testemunhas também devem ser maiores de idade, apresentar cópias do RG, CPF, endereço e número de telefone.

Selecionados segundo ordem de inscrição, os casais serão convocados a participar de dois encontros preliminares para “fortalecimento de vínculo e esclarecimentos” sobre o casamento comunitário e para um ensaio geral.