As ações do programa Detran nas Escolas para 2018 foram apresentadas em cerimônia no Palácio do Buriti, nesta quinta-feira (22), pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal.

                                                                                                   

Distribuição de 1,5 mil kits educativos e segunda edição de prêmio de educação de trânsito estão entre as ações que a autarquia anunciou nesta quinta (22) no Palácio do Buriti

O evento contou com a participação de estudantes e professores. As atividades estão no âmbito do Criança Candanga, programa do governo de Brasília que visa dar prioridade a políticas

Além disso, 1,5 mil kits de jogos educativosauxiliarão nas ações de educação para o trânsito. “Para receber o kit, a escola precisa ter algum professor que participou da formação, porque esse é um requisito que entendemos ser necessário para os jogos serem bem aplicados”, explicou o gerente da Escola Pública de Trânsito do Detran-DF, Rokmenglhe Vasco.

Parte dos kits começou a ser entregue hoje para 62 unidades de ensino, nas quais 163 professores fizeram a formação em 2017.

Outra vertente apresentada na cerimônia foram os livros elaborados pelo Observatório Nacional de Segurança Viária. O material será utilizado por professores e alunos e possibilita aplicar conhecimentos de áreas como matemática e ciências com base na temática de educação para o trânsito.

Outra novidade é o lançamento da segunda edição do Prêmio Detran-DF de Educação de Trânsito. De acordo com o gerente de ações educativas de trânsito do Detran-DF, Tiago Moreira, haverá ampliação do número de categorias e do valor da premiação.

“A ideia é difundir a importância da segurança viária e criar condições de coletar obras inéditas de educação de trânsito de caráter artístico”, disse Moreira.

2º Prêmio Detran-DF de Educação do Trânsito terá mais categorias

Também foi destacada a retomada do projeto Sinalize, em que os estudantes fazem uma caminhada pedagógica no entorno escolar e identificam características viárias.

Segundo Tiago Moreira, está previsto o lançamento de edital de chamamento público para contratar grupos de teatro e contação de histórias para atividades lúdicas de trânsito.